' ' ' diarioweb.com.br - Notícias
S. J. do Rio Preto - Sexta, 28 de novembro de 2014 




 
 
Notícias
Diarioweb Busca de Notícias

 
Arquivo de Notícias
Carnaval
Dossiê Diário
A inteligência contra o crime
Diário Olímpico
AgroDiário
A vida como ela é
Barretos
100 anos da imigração japonesa no Brasil
Beira D Água
Rio Preto 157 anos
Copa 2002
Charge
Cidades
Chame o Diário
Diário História
Copa 2006
Comportamento
Economia
Copa Diário/Sesc
CPI Banestado
Jogos Abertos
Rio Preto 156 anos
AgroDiário
Expo Rio Preto
Educação
Eleições
Santa Europa
Esportes
Rio Preto 154 anos
Meio Ambiente
Guerra no Golfo
Política
Paz no Trânsito
Revista Bem Estar
Rio Preto 153 anos
Saúde
Semae
Sua Casa
Tecnologia
Turismo
Últimas Notícias
Veículos
Zé Buracão
Divirta-se
Cinema
Teatro
Eventos e Shows
Galeria de Fotos
Coluna Social
Horóscopo
Diário Imagens
Opinião
Artigos
Bastidores
Coluna do Diário
Defesa do Consumidor
Dividida
Editorial
Flash Bola
Opinião do Leitor
Proteja-se!
Mário Luiz sabe o que diz
Serviços
Loterias
Estradas
Mapa do site
Notas de Falecimento
Contato
Nossos telefones
Fale Conosco
Disque Denúncia
Anuncie
Decoração
Papel de parede: aplicação requer conhecimento
São José do Rio Preto, 2 de março de 2008
  Pierre Duarte  
Práticos, divertidos e modernos, papéis de parede dão cara nova para a sua casa

Michelle Monte Mor

16:04 - Originais, exclusivos e modernos, os papéis de parede voltaram à moda. Utilizados há muitos anos, hoje estão mais atuais e deixaram de ser “papéis” somente, e tornaram-se quase um “plástico”. Mas é preciso escolher onde usar, pois ainda não são à prova d´água. No entanto, já é possível utilizá-los em ambientes úmidos, como lavabos. Podemos dizer que os primeiros papéis de parede surgiram ainda no tempo das cavernas, quando o homem decorava as paredes com desenhos e pinturas. Mas hoje as coisas mudaram, e muito. O mercado oferece materiais naturais e sintéticos, nacionais e importados. São diversas opções de cores, texturas e preços. O papel de parede vinilizado é o mais simples deles. Com fabricação nacional, o modelo tem grande variedade de estampas e cores. “Normalmente, eles vêm em rolos de 60cm de largura e possuem 10 metros de comprimento. São facilmente aplicáveis, mas ainda requerem mão-de-obra especializada, o que garante um bom alinhamento e colagem perfeitos”, explica a arquiteta Denise Farina.

Vendidos em rolo, têm preço a partir de R$ 40. Alguns importados, no entanto, podem custar até R$ 300, o rolo. O papel de parede vinílico, por exemplo, importado de países como a Bélgica, Itália, França, Inglaterra e Estados Unidos, é mais impermeável e resistente se comparado ao modelo nacional. Por isso, o preço do rolo pode chegar a R$ 180. Clientes mais exigentes podem encontrar opções exclusivas para revestimentos de paredes, como papéis com revestimento em tecidos, palhas sintéticas e naturais como bambu, cana-da-índia e sisal. No entanto, estes são os mais caros e podem custar até R$300, o rolo. “A diferença entre os nacionais e importados está na durabilidade. Se bem conservados, os importados podem durar até 10 anos”, explica Anaisa Machado, gerente de uma loja de decoração em Rio Preto. De acordo com a arquiteta Denise Farina, há papéis importados de excelente qualidade, mas a indústria nacional não fica atrás mais. “O que difere um do outro, normalmente, é a quantidade de estampas, cada vez mais diversificadas para atender os mais diferentes gostos”, diz.

Uma vez bem aplicado, sobre uma demão de tinta comum e sobre uma parede amaciada, o material pode durar mais que uma pintura, além de muitas vezes garantir também conforto acústico e sua manutenção pode ser feita com pano úmido. É preciso ficar atento ao local onde o papel será instalado, pois deve estar livre de infiltrações e longe da água. Por isso, ele não é indicado para banheiros, cozinha e aéreas externas. “Eles são muito utilizados em home-theater, livings, quartos , closets e escritórios. A tendência hoje são os papéis preto e branco, com listras e também aqueles com cores fortes, como vermelho”, explica Ellen Regina Gattis Bertolassi, vendedora de uma loja de decorações em Rio Preto. Depois de um tempo, se o morador enjoar da estampa ou da cor, é possível retirar com facilidade. “Basta retirar o papel, lixar a parede, pintar ou aplicar um revestimento novo. Mas antes, é preciso deixar a parede amaciada e passar uma demão de tinta. Isso irá fixar melhor o papel”, explica Ellen Gattis.

Quem não deseja aplicar o revestimento em toda a parede, pode optar pelas faixas ou border. Elas também estão disponíveis em modelos nacionais e importados. São mais utilizadas para decorar quartos de bebês e infantis. Eles são mais fáceis de aplicar e podem ser encontrados em diversas lojas de construção e decoração. Esses borders derrubaram muitos conceitos, e saíram dos quartos, salas e ambientes fecha-dos. Cozinhas, banheiros e áreas de serviço passaram a ser o novo alvo das empresas que apostam na beleza e praticidade dos borders que alegram os ambientes. Rodameios, rodatetos ou rodapés como são conhecidos, os borders também conquistaram moldura de portas e janelas. Alguns possuem até uma camada de PVC, ou seja, você não precisa se preocupar com a umidade. A maioria dos papéis de parede são aplicados com uma cola a base de água, o que evita problemas para pessoas alérgicas e crianças. Outra grande vantagem é que a aplicação do papel de parede é simples e não resulta em pó ou poeira, a não ser a já existente no local. “Quartos, salas, lavabos, corredores, meias paredes, paredes inteiras, borders...o papel de parede é um recurso amplamente utilizado, porque personaliza um ambiente e dá cores, texturas e estampas que a tinta comum não consegue dar”, diz Denise Farina.

Serviço:
- Griffe A Decor - (17) 3211-9400
- Tenda Decorações - (17) 3223-7313
- Denise Farina - Arquiteta - (17) 3235-5453
   Como a força dos números interfere na harmonia de uma casa
   Quarto dos irmãos: como personalizar, dividir e aproveitar o espaço
   Faz-tudo, o marido de aluguel
   Chaise-longue e recamiê fazem uma releitura do design clássico
   Condomínios residenciais são alvos da lei antifumo
   Projetos de lavanderias priorizam o aproveitamento de espaço
   Paciência é o melhor adubo para cultivar orquídeas
   Torneiras modernas e de luxo podem custar até R$ 4 mil
   Construweek encerra hoje com novidades em acabamentos
   Profissionais de Rio Preto mostram os seus trabalhos na Casa Cor
   Novatos no mercado realizam mostra de arquitetura ‘Projeto Mecenas’
   Plantas bonitas e saudáveis, escolha o vaso correto
   Os segredos do closet
   Mesa central de “design” pede ambientes de estar mais requintados
   As cristaleiras valorizam os projetos modernos

  
Leia mais sobre Sua Casa

Conheça São José do Rio Preto

Grupo Diário de Comunicação
Jornal Diário da Região: Quem faz o jornal | Assine o jornal | Anuncie no jornal
FM Diário:
Quem faz a FM Diário | Anuncie na FM Diário
Site Diarioweb:
Quem faz o site | Assine o Diarioweb | Mapa do site
Revista Vida&Arte: Quem faz a Revista | Anuncie na Revista
©Copyright 2000 - Todos os direitos reservados ao Grupo Diário de Comunicação - São José do Rio Preto-SP Brasil
Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast ou redistribuído sem prévia autorização.
Resolução mínima de 800x600