Noticias Cidades - ‘Não estou louco’, diz testemunha de UFO - Diarioweb
Cidades
 
Dossiê Riolândia: não estamos sós
São José do Rio Preto, 28 de Janeiro, 2014 - 1:50
‘Não estou louco’, diz testemunha de UFO

Da Redação

Pierre Duarte
Maurício Pereira da Silva, hoje com 45 anos, diz que continua vendo o que acredita ser Ufos
Após ler a reportagem do Diário publicada na edição deste domingo sobre o relatório apontando que os sinais produzidos em um canavial de Riolândia, há seis anos, foram produzidos por um objeto voador não identificado (ovni), a principal testemunha do caso, Maurício Pereira da Silva, 45, pôde enfim respirar aliviado: “Não estou louco!”.

O desabafo não é de quem duvidava de sua sanidade, mas de quem diz ter se cansado de ser alvo de chacotas na cidade. Em entrevista exclusiva à reportagem, ele vem a público para reafirmar o que havia declarado na ocasião. E mais, de que não só testemunhou a aparição de três objetos luminosos no céu em frente à pousada da qual era arrendatário à época, como também, na tentativa de se aproximar do ovni, foi vítima de hipnose pelos seres que conduziam a nave.

Maurício conta que três dias após o primeiro avistamento, que deixaram três clareiras no meio do canavial, convidou o irmão mais velho, o comerciante Antônio Pereira da Silva, hoje com 56 anos, para permanecer de campana na pousada. O objetivo era ter mais alguém de sua confiança que também testemunhasse as aparições. E foi o que aconteceu.

Na madrugada do dia 23 para o dia 24, por volta das 3h da manhã, uma revoada de pássaros seguida de três fortes luzes vindas do céu chamaram a atenção de Maurício, que gritou pelo irmão. Juntos, correram pelas terras da propriedade até se aproximarem do ponto em que a suposta nave teria pousado.

“Quando estávamos próximo do local, apagamos. É como se esses seres tivessem notado nossa presença e impedido a nossa aproximação. Retomamos a consciência três horas depois. Estávamos em pé, eu e meu irmão, estarrecidos, do lado de dentro do canavial.”

Divulgação/UDOP
Equipe da UDOP (União dos Produtores de Bioenergia) de Araçatuba fez imagens do canavial onde surgiram os sinais









Dossiê

Essa experiência vivida pelos irmãos foi relatada aos pesquisadores e incluída no relatório da equipe liderada pelo ufólogo Jorge Nery, do Instituto de Astronomia e Pesquisas Espaciais (Inape), de Araçatuba. Nery é quem assina o relatório final sobre o caso, intitulado “dossiê Riolândia”, e para quem não restam dúvidas de que o caso avistado por Maurício “não encontra explicações em causas naturais”.

O time montado pelo pesquisador do Inape “varreu” os 9 hectares da plantação. Analisou condições de solo, meteorológicas, das plantas. Nada, segundo o relatório, aponta para hipóteses como tornado, vendaval, presença humana (pegadas) ou de máquinas agrícolas. Depois da repercussão do caso, Maurício diz que decidiu deixar o lugar. Hoje vive da pesca, passa boa parte do tempo em um batelão no rio Grande e garante não ter feito uso de qualquer substância entorpecente quando dos avistamentos. E ainda revela que continua testemunhando a aparição de luzes, inclusive nos céus de Rio Preto, para onde viaja esporadicamente.

“Elas aparecem como pontos de luz no céu e vão aumentando a intensidade, conforme se aproximam do solo. Mas as naves não pousam, apenas planam no céu e desaparecem de repente. É lindo de se ver, mas respeito quem não acredita. Se eu não tivesse visto, também não acreditaria.” Ele relata que sua vida mudou após testemunhar a primeira aparição. “Mudou totalmente. Recebi o dom do conhecimento e hoje reajo com mais calma e maturidade diante dos problemas. Me sinto um privilegiado.”

Assista abaixo entrevista com as testemunhas dos sinais em canavial:




Quer ler o jornal na íntegra? >> Acesse aqui o Diário da Região Digital



Fonte: Colaboraram Joseane Teixeira e Marival Correa
 
     
24 de Novembro, 2013
Trem descarrila, atinge casas e mata oito pessoas
 
17 de Janeiro, 2010
Arrependidos pagam até R$ 2 mil para retirar tatuagem
 
27 de Dezembro, 2009
Programa rende R$ 8 mil para universitárias
 
18 de Janeiro, 2010
Temporal mata duas pessoas em Rio Preto
 
18 de Dezembro, 2013
Jovem de 22 anos morre em acidente na zona oeste
 
 
› 31/07 Adolescente leva tiro e desaparece
› 31/07 Água limpa 'brota' em rua e revolta moradores
› 31/07 Parte da obra no Plaza Avenida é embargada
› 31/07 Acusado de homicídio vai a julgamento
› 31/07 Nota Fiscal Paulista beneficia 91 entidades
› 30/07 Confira os destaques do Diário da Região desta quinta-feira
Leia mais sobre Cidades
Riolândia pesquisadores canavial relatório OVNI sinais
 
DiarioLeaks
Revista Vida e Arte
Negócios em Pauta
Condominium
Imóveis
(17) 4009-3333
Locall
Imóveis
(17) 3355-1090
 
 
Bemac
Máquinas de costura
(17) 3234-3687
Home | Institucional | Economia | Cidades | Geral | Esportes | Saúde | Política | Estradas | Tecnologia | Educação | Meio Ambiente | Sirva-se | Olá | Diário na Copa | Opinião | Opinião do leitor | Artigos | Editorial | Classificados | Divirta-se | Atendimento | Promoções | Fotojornalismo | Vídeos | PodCasts | Blogs | RSS | Jornal na Educação
Diarioweb® Todos os direitos reservados // Atendimento Design e desenvolvimento MagicSite