Noticias Cidades - Entorno de escola vira depósito de lixo- Diarioweb
Cidades
 
Sujeira
São José do Rio Preto, 26 de Novembro, 2009 - 9:06
Entorno de escola vira depósito de lixo

Helen Ventura

Edvaldo Santos
Sujeira no entorno da Escola Voluntários de 32: mau exemplo para os alunos da instituição
O entorno da Escola Voluntários de 32, na rua Jorge Tibiriçá, no bairro Parque Industrial, em Rio Preto, virou depósito de lixo. A afirmação é da diretora da instituição, Silmara Maria Passoni. Segundo ela, os vizinhos se acostumaram a jogar entulhos nas calçadas em volta da escola.

“Eles jogam estofados, colchões, restos de materiais de construção. Até fogão já foi jogado na nossa calçada. Não sabemos mais a quem recorrer. Teve época em que pedimos para um caminhão retirar os entulhos.”De acordo com Silmara, o caso é de saúde pública. Ela afirma que os vizinhos chegam a jogar lixo doméstico na calçada.

“Nossas crianças ficam expostas a essa sujeira e correm até o risco de se machucar. Quanto ao nosso lixo, ele é embalado e tem horário para ser colocado na rua.” O mato no entorno da escola também está alto. A diretora afirma que, com relação a esse problema, não há o que fazer.

“A gente sempre capina. Fizemos uma limpeza enorme já. Às vezes chamamos o pessoal do Instituto Penal Agrícola para ajudar, mas, com essas chuvas, o mato cresce muito rápido.” O vice-diretor da instituição, Vilson Barcos Júnior, disse que fiscais da Prefeitura já foram até o local, na tentativa de conscientizar a vizinhança, mas não adiantou.

“Para autuar alguém, eles precisam de prova, precisam saber quem está colocando o lixo, mas é difícil descobrir.” Barcos afirma que o próprio trabalho de conscientização com as crianças fica prejudicado. “A gente ensina como deve ser, mas eles têm o contraponto ao sair da escola.”

Responsabilidade

O secretário de Serviços Gerais, Paulo Pauléra, afirma que, apesar da situação, a responsabilidade pela limpeza das calçadas é da escola.“Eles ainda correm o risco de ser autuados por isso.”

Segundo Pauléra, até outubro deste ano a pasta notificou 2.860 pessoas por falta de limpeza no passeio público. Do total, 632 não atenderam as exigências da secretaria e foram multados. A multa é de R$ 328. Após a notificação, o proprietário ou responsável pelo imóvel tem 24 horas para fazer a limpeza.

 
     
24 de Novembro, 2013
Trem descarrila, atinge casas e mata oito pessoas
 
27 de Dezembro, 2009
Programa rende R$ 8 mil para universitárias
 
17 de Janeiro, 2010
Arrependidos pagam até R$ 2 mil para retirar tatuagem
 
18 de Janeiro, 2010
Temporal mata duas pessoas em Rio Preto
 
19 de Janeiro, 2014
O renascimento do locutor Asa Branca
 
 
› 19/10 Governo traça mapa do trabalho infantil na região
› 19/10 Peregrinação é entrar em comunhão com a religião e a natureza
› 19/10 Os últimos datilógrafos de Rio Preto
› 19/10 A última saideira no boteco do Adão
› 18/10 Estudante, estagiária e taxista são roubados
› 18/10 Menina de 13 anos diz ter sido raptada e estuprada
Leia mais sobre Cidades
lixo escolas entulho
 
 
Acervo
Revista Vida e Arte
Negócios em Pauta
Locall
Imóveis
(17) 3355-1090
Condominium
Imóveis
(17) 4009-3333
 
 
Bemac
Máquinas de costura
(17) 3234-3687
Home | Institucional | Economia | Cidades | Geral | Esportes | Saúde | Política | Estradas | Tecnologia | Educação | Meio Ambiente | Sirva-se | Olá | Opinião | Artigos | Editorial | Opinião do leitor | Classificados | Divirta-se | Atendimento | Promoções | Fotojornalismo | Vídeos | PodCasts | Blogs | RSS | Jornal na Educação
Diarioweb® Todos os direitos reservados // Atendimento Design e desenvolvimento MagicSite