Cantinho bom
Área de lazer soluções inteligentes
São José do Rio Preto, 9 de Outubro de 2005
  Carlos Chimba  
Reuniões com amigos e família ficam práticas com projetos especiais

Michelle Monte Mor

16:24 - Fim-de-semana, sol e calor. Isso pede churrasco e amigos. Nessas horas, uma área de lazer é imprescindível, e não importa o tamanho do espaço, mas se ele é funcional. As opções para cada ambiente variam, de acordo com o gosto e a possibilidade de construção. Além do piso e dos acessórios, o que não pode faltar na área de lazer é a churrasqueira. Os modelos variam: embutidas, pré-moldadas ou pré-fabricadas, ideais para que tem uma área ao ar livre. Se você mora em uma casa, há ainda os modelos em concreto e tijolo. Em todos os casos, é importante a ajuda de um engenheiro ou arquiteto para lhe indicar o material mais apropriado. A primeira dica para quem está pensando em iniciar a construção de uma área de lazer é construir a churrasqueira num local amplo. Não adianta querer fazer um churrasco em que o churrasqueiro precisa disputar o lugar com os convidados. É preciso ter espaço adequado e um equipamento eficiente. Já o bom funcionamento de uma churrasqueira depende de dimensões adequadas ao uso. A área de lazer é o ambiente mais visitado da casa, por isso esses espaços amplos e generosos e integrados estão ganhando campo nos projetos arquitetônicos. Tudo em nome dos momentos de lazer entre amigos.

A ordem é integrar estes espaços aos ambientes funcionais para que sejam usados tanto no dia-a-dia quanto em ocasiões de receber convidados, de forma prática e versátil. “A área de lazer pode ser compacta mas tem de ser completa. Portanto não tem dimensões mínimas ou máximas, varia de acordo com o perfil de cada cliente. Alguns são acostumados a fazer verdadeiras festas, outros se reúnem em pequenos grupos de fim-de-semana”, explica o engenheiro civil Rodrigo Sansão. No ambiente externo, é possível ter churrasqueira, forno de pizza, forno à lenha ou caipira. “O proprietário pode optar também por uma mini-cozinha de apoio, ou pelo menos um passa-prato que liga a área externa à cozinha interna, conferindo mais praticidade”, explica o engenheiro. Se tem dúvidas sobre qual é o melhor local para churrasqueira, saiba que deve ser em área coberta, pois é mais prático e confortável. Pode ser de tijolo aparente ou não, sempre revestida internamente de tijolos refratários (tijolo que impede a passagem de calor para o lado externo), e o tamanho é ilimitado, só depende da escolha do morador. Além das churrasqueiras de tijolo aparente, que são as mais comuns, existem as de alvenaria só na base e coifa metálica. Há também os modelos com vidro temperado (ideal 10mm), o que deixa o ambiente mais moderno, além de ser mais prática na hora da limpeza.


Carlos Chimba
Churrasqueira com vidro temperado a forno caipira com tampa de ferro

A escolha da churrasqueira
Na hora de construir sua área de lazer, opte por projetos feitos por profissionais ou empresas especializadas, assim, você não corre o risco de erro na obra e nem de perder dinheiro. A primeira etapa da obra é a compra dos tijolos. Os refratários são melhores porque resistem a altas temperaturas. Mesmo quem optar por material pré-moldado, deve usá-lo para fazer isolamento térmico. A argamassa também deve ter as mesmas características para evitar rachaduras e dor de cabeça. Isso, aliás, é a única coisa que não se espera de uma churrasqueira. Construídas em jardins ou áreas de lazer, ela isola a casa, evitando que a bagunça dos encontros com os amigos chegue à sala ou à cozinha. Para isso é preciso montar uma estrutura bem planejada.

Existem diversos modelos de churrasqueira. As pequenas, que custam a partir de R$ 495, com 72 cm de largura e 3,5 m de altura; as médias (a partir de R$ 680), com 83 cm de largura e 3,5 metros e as mais diferenciadas e maiores. Se você quiser uma churrasqueira com forno caipira, tijolo mesclado, 95 cm de largura e 3,5 metros, vai gastar cerca de R$ 2 mil. A mais completa, com tijolo vermelho, fogão à lenha e forno caipira em inox, custa a partir de R$ 2,2 mil. A montagem é simples, dura cerca de dois dias. Se deseja algo diferenciado, há opção de churrasqueira com base em alvenaria, coifa em inox ou aço galvanizado, balcão em mármore e vidro temperado. “É um modelo mais moderno, muito utilizado em cozinhas. Além disso, é fácil de limpar”, diz Gledson de Melo. Segundo ele, o modelo que mais vende é o conjugado, com fogão à lenha, forno caipira, forno em inox e o kit bafo (opcional). Este trio conjugado custa a partir de R$ 3.550.
Carlos Chimba
Para incrementar sua área de lazer nada melhor que uma chopeira

Piso e outros acessórios
Na área de lazer, além da churrasqueira é preciso pensar no piso e nos acessórios. “Com relação ao piso, existe uma infinidade de modelos e marcas no mercado, mas acredito que o piso ideal tem de ser prático (em relação à limpeza) e inovador, podendo ter seu estilo, dependendo do imóvel”, diz Rodrigo Sansão. Na área de lazer, os pisos mais indicados são os cerâmicos e as pedras, que podem ser atérmicos. Hoje existem pedras de diferentes tipos e cores, como verde, amarelo e rosa. São pedras de vários tipos: Lagoa Santa, São Tomé, São Tomé Ninas, Goianas e Mineiro Sobradinho. O metro quadrado da cerâmica, custa entre R$ 12 e R$ 18. O valor do metro quadrado das pedras varia entre R$ 8 e R$ 80, de acordo com o tamanho e a cor. Depois da churrasqueira e do piso, é hora de pensar em alguns acessórios, como mesas e bancos. A área de lazer é, geralmente, um local de descontração, mais rústico, por isso, o mais indicado é usar artigos de fibra natural ou madeira. Mesas em peroba rosa são uma boa pedida. Bancos em madeira e palha são os mais utilizados na área de lazer. Para os acessórios é melhor não usar ferro bruto, que pode contaminar a carne. Em relação ao piso e ao teto não há regras. O ideal é que no chão seja usado material não-poroso, que permita limpeza com facilidade. A cerâmica tem essas características. Já pedras e tijolos são muito aderentes o que torna a remoção de gordura bem mais trabalhosa.

Dicas de manutenção:


:: Para a área de lazer, procure escolher revestimentos e acessórios que seja fáceis de limpar. A churrasqueira não deve ser lavada de maneira alguma; na instalação deve-se procurar um local que possua cobertura para que ela fique protegida das chuvas; aconselha-se o uso de massa refratária para o rejunte das peças. “Além disso, pode-se fazer a impermeabilização da churrasqueira. Com isso, a manutenção fica mais fácil”, explica Gledson Cavalcanti de Melo, proprietário de um loja de artigos para áreas de lazer. A impermeabilização custa a partir de R$ 80.

:: Outra dica: prefira acender a churrasqueira com álcool gel, pois há menos probabilidade de ocorrer explosão, o que abalaria a estrutura da churrasqueira.

Serviço:
- Rodrigo Sansão - engenheiro civil - (17) 3011-9511
- Conte Telhas - (17) 3227-5611
- Império Grill - (17) 3216-7906